Nitrogênio Oxigênio

A catálise da produtividade

Catálise é o termo que designa a mudança de velocidade de uma reação química devido à adição de uma substância (catalisador). O catalisador reduz a energia necessária para a reação química ocorrer, aumentando assim sua velocidade e economizando energia.

Catalisadores têm amplo emprego na indústria, por exemplo, no processo de fabricação de ácidos (como ácido sulfúrico e ácido nítrico), hidrogenação de óleos e de derivados do petróleo.

Na indústria petroquímica, são exemplos de processos que utilizam catalisadores:

• Craqueamento catalítico;

• Hidrocraqueamento catalítico;

• Hidrocraqueamento catalítico brando;

• Alcoilação ou alquilação catalítica;

• Reforma catalítica;

• Hidrotratamento.

O catalisador não é consumido pelo processo químico, e após este ocorrer, precisa ser removido e descartado. Nesta etapa, são necessários alguns cuidados especiais, pois o manuseio não pode ser feito na presença de oxigênio, devido à tendência à combustão que o catalisador apresenta ao final da reação.

Neste tipo de situação, e também em outras onde seja requerida uma inertização das tubulações e tanques, uma solução que tem sido cada vez mais empregada é a injeção de nitrogênio. Entre os principais motivos para o crescimento desta tecnologia no mercado é a possibilidade de locar geradores de nitrogênio onsite, permitindo grande nível de customização quanto aos volumes do gás e tempo de aplicação.

Este foi o caso por exemplo de uma empresa global com sede na Holanda, e forte atuação no Brasil. Entre suas especialidades destacam-se a gestão de catalisadores, e um de seus projetos mais desafiadores foi em uma das maiores refinarias brasileiras, situada no nordeste brasileiro, onde a missão de inertizar todo o ambiente para o transporte do catalisador até o reator químico precisava ser concluído no tempo recorde de um mês.

Catalisadores normalmente são adquiridos em tanques, sendo que o tempo de permanência destes recipientes nas instalações do cliente estão sujeitos a encargos de locação e até multas contratuais, quando os prazos não são cumpridos. Sendo assim, o projeto de inertização era essencial para evitar e reduzir custos adicionais.

Para efetuar o trabalho no menor tempo possível, foi locada uma solução customizada, de alta vazão, composta de:

• Um compressor de ar elétrico, isento de óleo Classe Zero.

• Um gerador de nitrogênio portátil com sistema PSA (Pressure Swing Adsortion), com tecnologia capaz de atingir níveis de pureza acima de 99.5% (de nitrogênio).

Graças à combinação de compressores de ar isentos de óleo, com a tecnologia PSA para geração de nitrogênio onsite, foi possível atender com folga as especificações quanto à pureza do gás, vazão e com nível zero de contaminação por óleo, conforme a norma ISO 8573-1, certificado pela TÜV.

O resultado final do conjunto é extremamente compacto, pois ambos os modelos de compressor de ar e gerador de nitrogênio utilizados estão entre os de melhor relação entre dimensão e eficiência. O secador de ar integrado ao compressor de ar, diminui ainda mais o espaço ocupado, e todo o sistema foi entregue montado em skid, pronto para testes e operação imediata. A rapidez de implementação da solução, associada à alta qualidade e volume do nitrogênio gerado garantiram que todo o processo fosse completado antes da meta estipulada.

Esta mesma empresa tem utilizado com grande frequência as soluções da Atlas Copco Rental. Um fator determinante para isso é a manutenção de padrões técnicos globais, ou seja, assim como ela atua da mesma forma para qualquer um de seus clientes não importando o país, seus fornecedores também precisam acompanhar esta estandardização.

 

 

 

Sobre Nós

Blog da Atlas Copco Rental Brasil

Todos os direitos reservados - 2018