Oil_free

Ajudamos a indústria de colágeno a manter um firme compromisso com a responsabilidade ambiental.

A palavra colágeno deriva do termo “cola” em grego. É uma estrutura biológica única e sofisticada formada por triplas hélices de 1.000 aminoácidos cada. O colágeno representa entre 25% a 35% do conteúdo total de proteína corporal. Seu uso mais conhecido é na forma de gelatina, mas também está presente em muitos outros produtos, na própria indústria alimentícia em doces, sorvetes, massas e caldos; na indústria farmacêutica, na composição de pílulas, drágeas e suplementos; assim como numa infindável lista de itens de cosmética, como batons, maquiagens, cremes, condicionadores etc.

Sua produção industrial em larga escala é de importância estratégica, mas seu impacto no meio ambiente também é muito importante. Grandes volumes de água com resíduos e contaminantes são gerados no processo, exigindo um tratamento adequado. Para a purificação desses efluentes e um descarte seguro, uma das técnicas mais eficientes é o tratamento biológico, que utiliza bactérias para decompor o material orgânico.

Nos grandes tanques onde isso acontece, a aeração contínua e nos volumes adequados é essencial para fornecer o oxigênio necessário para manter esses microrganismos vivos.

Quando uma das maiores fábricas de colágeno do mundo, situada no Brasil, sofreu uma necessidade de manutenção inesperada em seu sistema de ar comprimido para aeração de tanques, a equipe da Atlas Copco Rental atendeu com a eficiência e agilidade necessárias para que as bactérias não morressem, evitando assim um duplo prejuízo financeiro. Além de ameaçar o ritmo de produção, a morte delas implicaria em um processo demorado e de alto custo para sua reposição.

A solução entregue precisou atender a parâmetros muito específicos de vazão e pressão, essenciais para manter um ambiente ideal para as bactérias desempenharem corretamente sua função.

O sistema altamente customizado, foi composto de:

– 3 compressores de ar a diesel Atlas Copco, modelo PTS 1.600, 100% isentos de óleo conforme a norma ISO 8573-1 Classe Zero.

– 3 tanques de combustível.

– Conexões e mangueiras para instalação.

– 3 profissionais para implementação.

Como resultado, o conjunto atendeu à todas as especificações técnicas necessárias para manter o fluxo de tratamento de efluentes em perfeito funcionamento, entregando uma vazão de 4800 cfm @ pressão de 1 bar.

A conformidade com a norma Classe Zero também foi essencial para evitar que a água de descarte fosse contaminada por óleo.

Através do regime de locação, o cliente investiu somente o valor necessário pelo tempo de uso da solução, até que o sistema principal pudesse ter a devida manutenção. Não precisou se preocupar com dimensionamento de equipamentos e instalações, nem com mão de obra especializada, tudo incluso no contrato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *